INSCRIÇÕES PRORROGADAS 5º Salão SESC Universitário de Arte Contemporânea

577549_520328351364392_620637961_n

 

Podem se inscrever universitários de qualquer curso vinculados a uma instituição de nível superior, sendo brasileiros, naturalizados e estrangeiros residentes no Brasil há mais de três anos.

Os candidatos devem efetivar sua inscrição por meio da Ficha de Inscrição que se encontra disponível no próprio Centro ou por meio de download da mesma noblog sescboulevard.blogspot.com, acompanhada do dossiê do artista e do comprovante de matricula.

As obras deverão ser inéditas e produzidas a partir de 2011. Os artistas deverão inscrever até três obras nas categorias de Desenho, Pintura, Escultura, Gravura, Fotografia, Objeto ou Técnica Mista e até duas nas categorias de Performance, Instalação ou Vídeo. A seleção será realizada em etapa única, por uma comissão formada por três membros.

Os três melhores trabalhos receberão a premiação de R$ 2.000,00 (dois mil reais) cada. Além disso, todos os artistas selecionados serão premiados com um incentivo no valor de R$ 200,00 (duzentos reais).

O edital e a Ficha de Inscrição se encontram disponíveis no blog sescboulevard.blogspot.com. Maiores informações podem ser obtidas pelo email sescboulevard@gmail.com, telefones: (91) 3224-5654/3224-5305 ou no próprio Centro.

 

|inscrições prorrogadas|
até 04/06
10h às 19h

|abertura|
27/06
às 19h

|período de visitação| 
27/06 a 04/08 de 2013
10h às 21h

Premiação de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para cada um dos três melhores trabalhos.
Todos os artistas selecionados serão premiados com um incentivo no valor de R$ 200,00 (duzentos reais).

OBS: para os residentes de fora do Estado, serão aceitas as inscrições com data de postagem até 30/05.

 

 

Exposição “Somos Muitos” de Luciana Mena Barreto e Marcelo Gobatto – Sala Augusto Fidanza/MAS

somos muitos convite online

A exposição SOMOS MUITOS, de Luciana Mena Barreto e Marcelo Gobatto, aborda os múltiplos papéis individuais e coletivos que expressam os enfrentamentos diários no jogo social, inspirando as séries de fotografias, vídeos e instalações.

somos muito 2

Na obra de Marcelo Gobatto a alteridade se apresenta a partir da investigação sobre o tempo, que se inicia no ano 2000 quando realizou a instalação “Já não há mais tempo”. Em “Incompossibilidades” (vídeo, 2002-2012), problematiza a experiência do tempo e o movimento, a partir da performance. O vídeo “Dia” (2012) tem como mote o cotidiano e é montado com procedimentos característicos da edição fotográfica tradicional. De sua produção recente apresenta a série de fotografias “Identicus” (2011-2012), realizada com a apropriação de mug shots (retratos usados para identificação policial desde o século XIX – geralmente feitos de frente e perfil) encontrados na web. “Marcello” (2012) é um tríptico fotográfico que mistura autorretratos e imagens que remetem ao álbum de família e stills do cinema. Já em “Caminho de Dante” (2012), dialoga com o neo-pictorialismo de maneira bem humorada.

somos muitos 3

A produção fotográfica da artista Luciana Mena Barreto está centrada nas possibilidades expressivas do retrato e autorretrato, fixando-se na problemática da identidade e da alteridade. Ela acredita que o rosto particulariza o sujeito na fotografia, então vai no caminho inverso ao retratar seu corpo acéfalo para situá-lo no território da indefiniçãoNa série “Acéfalos” (2010-2011), composta pelas obras “Anima”, “Animus”, “Sem Título” e “Personas”, a artista apresenta autorreferências em situações-limite e ao mesmo tempo cotidianas. “Branco” (2010) dialoga com a fotografia surrealista e a questão do disforme. No trípitico “Tijolo” (2010) o retrato que se crê revelar a identidade única do sujeito é desconstruído tanto quanto no díptico “Sofisma” (2012), onde seu rosto também é borrado tornando a fotografia indiscernível como tal.

A exposição revela o quanto somos indivíduos em constante mutação. Nossas identidades são cambiantes, se formam e se transformam diariamente, sempre em processo de subjetivação assumidas como máscaras que se definem nas nossas muitas relações com o outro – os pais, filhos, amigos, companheiros, amantes ou desconhecidos.

Fonte: Site do Projeto

Projeto selecionado pelo Edital de Pautas do SIM/SECULT

Edital de Ocupação 2013 – Galeria Gotazkaen

 

Em dezembro de 2012, a galeria Gotazkaen comemorou um ano de atividades. Funcionando em um simpático porão de uma casarão do bairro Reduto, decorado com as cores e formas vibrantes do spray de diversos grafiteiros, o espaço é considerado um dos mais agitados pontos de encontro de produtores  e articuladores culturais, trabalhos artísticos e de gente interessada na cena local. Agora, chegou a hora de um passo a frente. Abre hoje o primeiro edital de ocupação da galeria, com o objetivo de selecionar os projetos de artes visuais que tomarão de assalto o cubo branco em 2013.

Depois de um ano de trabalho, o balanço é positivo. Sob o comando do designer Daniel Silva, 29 anos, e da fotógrafa Diana Figueroa, 26, a galeria Gotazkaen comemora o sucesso de bons projetos. Além da realização de duas exposições – a primeira unindo nomes promissores da arte paraense e o segunda apresentando o trabalho ímpar do coletivo de grafite Cosp Tinta -, as noites do “Esquentando a Fita” incendiaram o porão nos meses de julho e dezembro, com a apresentação de bandas autorais que se destacam no cenário local.
Com a abertura do primeiro edital da galeria, a ideia é agregar ainda mais conceitos ao espaço, além de fomentar o trabalho que circunda o pensamento artístico amazônico. Por isso, só poderão enviar trabalhos artistas ou coletivos que residam no Estado ou que morem fora, mas sejam paraenses. “Queremos que a galeria seja ocupada por pessoas que tenham laços com a nossa região. Nosso objetivo foi sempre unir um pensamento global às peculiaridades desse cenário que nos rodeia”, explica Diana. A curadoria ficará por conta da diretoria, que se unirá a dois artistas convidados para fazer a seleção.
Serão nove projetos selecionados para exposições de 30 dias. O período para as mostras será compreendido entre abril e dezembro. Para concorrer ao edital é necessário enviar  o dossiê artístico, currículo comprovado, pelo menos cinco imagens (em caso de fotografia) ou projeto, memorial descritivo e layout da exposição – em caso de projetos não -convencionais e de instalações.As inscrições podem ser feitas até dia 28 de fevereiro.
LEIA O EDITAL >>> Edital_Ocupacao_2013