Blanchot em exposição e conversações

blanchot 1

Exposição coletiva “Solidão Essencial, Solidão no Mundo – Diálogos com Maurice Blanchot”. A abertura da exposição na galeria acontece hoje, às 19h, com entrada franca. A visitação segue até o dia 7 de março de segunda à sexta das 8h30 às 19h e aos sábados das 8h30 às 12h.  Mais informações 3202-4313.

“O LIVRO DO PORVIR”, de Maurice Blanchot

blanchot 2

Exposições selecionadas no Edital Galeria Theodoro Braga 2013

gs

Gravura de Glauce Santos.

Glauce Santos, Jeyson Martins, Luiz dos Anjos, Elieni Tenório e Walda Marques foram os artistas selecionados pelo edital de pautas de 2013 da Galeria Theodoro Braga da Fundação Tancredo Neves.

As inscrições foram destinadas a exposições da área de artes visuais de artistas residentes no Pará e artistas paraenses em atividade em outros estados, que desenvolveram há mais de dois anos trabalhos na área.

A seleção dos projetos foi feita pela Comissão de Seleção composta pela Diretora de Interação Cultural Lucinnha Bastos, pela Gerente da Galeria Theodoro Braga Eliane Moura, pela Gerente de Linguagem Visual Fatinha Silva, pelo Diretor do Museu da Imagem e do Som Armando Queiroz e pela curadora independente Keyla Sobral.

A artista Elieni Tenório trará experimentações de fotografia e hibridismo com o tema “Volúpia”, que retratará a sensualidade da mulher. Glauce Santos apresentará uma série de gravuras como resultado da pesquisa desenvolvida por ela em 2011 no Marajó, são diversos retratos das pessoas do local em uma exposição intitulada “Meu diário de imagens marajoaras”.

Já Luiz dos Anjos com a exposição “Cotidiano Naif” fará uma leitura do cotidiano paraense através de pinturas em sombrinhas, mostrando a relação da chuva com o homem. “As sete mulheres e as incríveis histórias de seus cabelos” é o nome da exposição de Walda Marques, que reunirá uma série de fotografias envolvendo o mundo feminino.

Jeyson Martins com a exposição “Olhar Urbano” fará sua primeira exposição, que será uma junção da fotografia com grafite e vídeo. Uma curiosidade do artista são os pinholes feitos dentro de latas de grafite.

“É muito bom ter de volta o edital, porque é uma forma de democratizar o acesso a Galeria e mostrar ao público trabalhos de artistas novos e consagrados. A Theodoro Braga está em uma fase de efervescência e esperamos que o ano que vem seja melhor ainda”, diz a gerente da galeria Eliane Moura.

Fonte: FCPTN