Exposição “RAZÕES DO CORPO” de Elieni Tenório – Sala Gratuliano Bibas , Museu de Arte Contemporânea Casa das Onze Janelas


“Avalio a fase atual de minha produção artística como uma síntese de minha trajetória, uma ampliação de meu universo plástico e das formas com as quais represento as práticas femininas.
A exuberância de cores e a multiplicidade de informações, características da fase inicial cederam lugar ao abstrato, e com ele vieram as linhas gráficas revestindo a superfície de telas mapeando os suportes como segunda pele.Considero de fundamental importância no meu processo de criação artística os esboços dos objetos. Os desenhos buscam a melhor adequação dos objetos aos suportes, em particular no que se refere aos manequins, e ainda permitem exercitar as possíveis soluções quanto a sua arquitetura. Neste sentido, são importantes também as pesquisas que venho realizando com o tecido visando obter a coloração e a consistência desejadas para os objetos, utilizando tinta, pigmentos diversos e cola. Esse processo, não linear, é desafiador. É um processo de construção/desconstrução que tem como referencial a roupa enquanto segunda pele. O produto do meu trabalho não tem compromisso com o utilitário, transcende a indumentária, revela fantasias e transita entre a tênue fronteira que separa o sensual e o erótico.”

Elieni Tenório em Mostra contemplada no PRÊMIO SECULT DE ARTES VISUAIS

Abertura – 21 de setembro – às 19:30h
Visitação – 22 de setembro a 24 de outubro de 2010
Terça a Domingo – 10h ás 16h I feriados – 9h às 13h
Sala Gratuliano Bibas , Museu Casa das Onze Janelas
Praça Frei Caetano Brandão, s/n. Cidade Velha. Belém – PA

Exposição “ANTES DE VER, REVEJA” de Nailana Thiely – Laboratório das Artes, Museu de Arte Contemporânea Casa das Onze Janelas

“É um projeto de intervenção urbana que procura investigar a percepção/recepção de peças gráficas de fácil reprodução (como cartazes lambe-lambe, folhetos, adesivos, displays e material publicitário em geral), com mensagens modificadas e inseridas no espaço urbano em vias de fluxo intenso de pessoas e veículos.
O projeto pretende explorar a estética da velocidade no cenário urbano e atenuar as discussões sobre definições clássicas de público de arte, espaço artístico, identidade, valor e propriedade artística, valendo-se de temáticas ligadas ã violência urbana e ao imaginário coletivo. Ao interagir nas ruas com um público “não-iniciado” a respeito de uma “obra de arte”, pretende gerar novas percepções nos locais públicos e fazer destes territórios espaços de inserção artística.
Além da intervenção em si, o projeto também registra em vídeo a opinião do público sobre o impacto da obra – quando há – em seus pensamentos cotidianos, investigando se estas intervenções interferem de forma positiva e participativa na vida das pessoas, ao disputar e utilizar o espaço público em meio à poluição visual.”

Nailana Thiely em Mostra contemplada no PRÊMIO SECULT DE ARTES VISUAIS

Abertura – 21 de setembro – às 19:30h

Visitação – 22 de setembro a 24 de outubro de 2010

Terça a Domingo – 10h ás 16h I feriados – 9h às 13h

Laboratório das Artes, Museu de Arte Contemporânea Casa das Onze Janelas

Praça Frei Caetano Brandão, s/n. Cidade Velha. Belém – PA